As empresas portuguesas têm vindo a certificar o seu “software” de facturação, com vista a cumprir as exigências do Governo. Mas, a pouco mais de um mês do final do ano, ainda 40% não actualizar o seu “software”.

“Cerca de 40% das empresas terão ainda de tomar decisões de negócio e actualizar o seu software para poderem continuar a facturar em Janeiro de 2011, estima a tecnológica Alvo.

De acordo com a Portaria n.º 363/2010, qualquer “software” de facturação terá de estar certificado pela Direcção Geral das Contribuições e Impostos a partir de 1 de Janeiro de 2011.

Na mesma altura entrarão em vigor um conjunto de alterações fiscais ao Código Contributivo, previstas no Orçamento de Estado para 2011, e que terão impacto no negócio e nas operações das empresas.

A Alvo acaba de lançar uma iniciativa de apoio global às empresas confrontadas com as mudanças fiscais e contributivas para 2011, integrando soluções tecnológicas, suporte técnico e informação de negócio.

Fonte: Negócios

Comentários

comentarios

2016-12-01T15:39:11+00:0025/11/2010|Categorias: Portugal|0 comentários
error: Segurança, acima de tudo! ;)