Para aqueles que querem aprender mais sobre a história e futuro da economia a visualização de filmes sobre o tema pode ajudar

Compreender como a economia chegou ao estado em que está não é uma tarefa fácil. Elizabeth Warren, professora em Harvard e especialista em economia, resume este fenómeno de maneira muito sucinta. Dezenas de milhões de, outrora, famílias seguras de classe média vivem, actualmente de salário em salário observando as suas dívidas a acumularem-se com receio de chegar o dia em que deparam-se com o precipício económico.

A maioria das pessoas entende isto intuitivamente. Mas como chegámos aqui e como podemos sair desta situação? Para aqueles que querem aprender mais sobre a história e futuro da economia, os seguintes filmes podem dar uma ajudinha nesse caminho.

1. In Debt We Trust

O documentário de Danny Schechter´s explora o surgimento de um poderoso complexo industrial de dívida e crédito. A classe média americana são os servos do cartão de crédito e das indústrias de hipotecas. Examina a relação entre o Congresso e o complexo de crédito e pergunta se devemos derrubar todas as fábricas e substituí-las por centros comerciais.

2. Capitalism: A Love Story

Um documentário de Michael Moore que explora o impacto do domínio corporativo na vida dos americanos. Elizabeth Warren participa numa das faixas de bónus – “Como Wall Street safou-se com o assassinato.” Como diz a professora: “A responsabilidade não é apenas sobre a culpa. Responsabilidade é ter a certeza de que reparamos a actual conjuntura e que isto não voltará a acontecer.” No entanto, Moore parece mais preocupado com a culpa, mas o filme olha para aspectos pessoais do colapso das hipotecas subprime, culminando com cenas de partir o coração.

3. I.O.U.S.A

O filme de Patrick Creadon´s segue um antigo general, David Walker, enquanto explica as políticas fiscais dos líderes norte-americanos. O filme contem demonstrações visuais absolutamente impressionantes de estatísticas económicas. A excelente representação da estagflação ( situação de um país que sofre de inflação sem conhecer um desenvolvimento económico notável nem o pleno-emprego) e do défice comercial fazem deste um excelente filme para assistir.

4. The Ascent of Money

Nial Ferguson, um historiador britânico, explora em quatro secções, todas com a duração de uma hora, os relacionamentos entre dinheiro e império, guerra e revolução. Primeira Secção, Do Bullion (ouro e prata que é oficialmente reconhecido como de alta qualidade) para Bolhas: contribuição de Fibonacci´s para os cálculos financeiros, a usurpação dos Medici´s aos judeus italianos como agiotas, a guerra como responsável pelo mercado de títulos e a invenção holandesa da corporação. Segunda Secção, Obrigações de Guerra: o esquema de John Law´s Ponzi que levou à Revolução Francesa, os efeitos da guerra e da paz em títulos, o primeiro “crash” de propriedades moderno e o crescimento da classe média. Terceira Secção, Negócio Arriscado: o nascimento da indústria moderna de seguros, Japão como Estado-providência, a economia do Chile sobre a liderança de Pinochet, contas individuais de reforma e a relação de George Soros com o Bank of England. Quarta Secção, Finanças do Planeta: a invenção do fenómeno – “possuir propriedade”, o “boom” das poupanças e empréstimos, desregulamentação financeira sobre a liderança de Ronald Reagan, o FMI e o Banco Mundial, as “nações subprime”, micro-financiamento e a China como banqueira dos Estados Unidos.

5. Maxed Out: Hard Times, Easy Credit and the Era of Predatory Lenders

A verdade nua e crua é que as companhias de crédito enchem os nossos e-mail´s com imensas ofertas de  cartões de crédito todos os anos. O documentário de James Scurlock´s coloca em foco as consequências trágicas para as pessoas que se encontram para além do limite. Um cobrador que participa no filme diz: “És como um pirata num barco e tu estás a ordenar que andem pela prancha. E tu queres que eles se afastem o máximo possível, sem caírem da prancha.”

6. Frontline: The Warning

O documentário de Michael Kirk´s explora a luta entre Brooksley Born, chefe da Commodity Futures Trading Commission e o antigo chefe da Reserva Federal Americana, Alan Greenspan. Robert Rubin e Larry Summers têm papeis de relevo nesta situação. Com a luta entre regulamentação e laissez-faire no campo de batalha dos derivados da OTC, Born descreve os derivados como “caixa negra”. Em Washington existem cinco lobistas financeiros por cada  congressista.

7. American Casino

O filme de  Leslie e Andrew Cockburn´s mergulha ainda mais no colapso das hipotecas subprime. Antigos trabalhadores da Bear Sterns e S&P fornecem uma visão das companhias de hipotecas que lucram ao colocarem famílias em casas que não conseguem pagar. Todos os bairros americanos que aparecem no filme parecem zonas de guerra.

8. We All Fall Down: The American Mortgage Crisis

A crise das hipotecas , também, levou a uma súbita paragem dos negócios e empréstimos pessoais. O documentário de Gary Gasgarth´s dispõe de um verdadeiro exército de corretores, avaliadores, banqueiros e estudiosos que demonstram como é que a “máquina de hipotecas” foi capaz de segurar as hipotecas subprime. O filme acaba com a preocupante  possibilidade do impacto da crise das hipotecas nos Estados Unidos.

9. Capitalism Hits the Fan

Uma lição do professor de economia Richard D. Wolff que afirma que o crash de 2008 desafia a categoria de crise económica “normal”. Wolff acredita que “os negócios americanos devem ser operados e dirigidos pelos trabalhadores inseridos no mesmo”. O autor avança com muitos pontos interessantes, especialmente, quando fala sobre a instabilidade histórica do capitalismo e a grande diminuição da confiança na economia que tomou conta das gerações mais jovens.

10. Inside Job

Um documentário de Charles Ferguson narrado por Matt Damon que explica a origem da crise de 2008. “O filme que custou $20,000,000,000,000 a ser feito” conta com depoimentos de Christine Lagarde, George W. Bush, Dominique Strauss-Kahn e vários banqueiros e analistas internacionais. Venceu o Óscar de Melhor Documentário em 2011.

Fonte: Dinheiro Vivo

Comentários

comentarios

2016-12-01T15:38:30+00:00 06/02/2013|Categorias: Estatística|0 comentários
error: Segurança, acima de tudo! ;)