A Espanha posicionou-se como o principal destino das exportações portuguesas até Novembro de 2010, segundo dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), registando-se um forte crescimento nos fluxos para economias emergentes.

Entre Setembro e Novembro, as exportações de Portugal para Espanha foram de 2,66 mil milhões de euros, segundo o INE.

Em Novembro as exportações aumentaram 9,4% face ao mês anterior, para 920 milhões de euros, sendo o mês com maior volume do ano. No acumulado dos 11 meses, as exportações para Espanha atingiram os 8,979 mil milhões de euros, mais 13,57% face a igual período de 2009.

A Alemanha, o segundo parceiro comercial português, representou exportações de 434 milhões de euros em Novembro, menos 4,4% que o registado em Outubro.

Em termos acumulados, as vendas totalizaram 4,35 mil milhões de euros, mais 13,68% em termos homólogos.

Já para o Reino Unido, as exportações atingiram os 1,87 mil milhões de euros até Novembro, enquanto a França totalizou 3,97 mil milhões de euros, um aumento homólogo de 11,86 e 8,67%, respectivamente.

A União Europeia continua a ser o principal destino das exportações portuguesas. Dos 33,59 mil milhões de euros em bens exportados até Novembro, mais de 25 mil milhões tiveram como destino a UE.

Ainda assim, tem-se verificado um aumento das exportações para os países extracomunitários. Até Novembro, as saídas de bens produzidos para fora da UE aumentaram 16,6% face a período homólogo de 2009, para 8,36 mil milhões de euros.

Fora da união, Angola mantém-se como o principal parceiro comercial, com as exportações a representarem um quinto do total de exportações para países terceiros.

Contudo, entre Janeiro e Novembro de 2010, as exportações para Angola caíram 20,55% para 1,71 mil milhões de euros, em termos homólogos.

As empresas portuguesas também têm estado a apostar nas economias emergentes, principalmente para o Brasil, Rússia, Índia, China (BRIC).

Por razões de ordem cultural e linguística, é com o Brasil que Portugal tem uma relação comercial mais forte. Até Novembro, as exportações de bens aumentaram 49% face a 2009, para 395,1 milhões de euros.

Quanto à Rússia, as exportações cresceram 24,2% até Novembro, para 111,24 milhões de euros.

Para a Índia as exportações portuguesas aumentaram 43% para 53,70 milhões de euros, enquanto na China o aumento foi de 9,06% para 211,84 milhões de euros.

A Venezuela também tem vindo a reforçar os seus laços comerciais com Portugal, com as exportações a aumentarem 26,40% entre Janeiro e Novembro de 2010 face a período homólogo para 154,23 milhões de euros.

Comentários

comentarios

2011-01-07T19:25:07+00:00 07/01/2011|Categorias: Estatística|0 comentários
error: Segurança, acima de tudo! ;)