As exportações angolanas desceram 1,63% no último trimestre de 2010, mantendo-se o petróleo como o produto mais exportado – 97% – do total, anunciou o Instituto Nacional de Estatística (INE)

A exportação de petróleo equivaleu a 14 mil milhões de dólares (10,7 mil milhões de euros) e este produto mantém-se igualmente como o de maior valor nas importações, embora seja já na forma de combustíveis e outros produtos refinados, no valor de 1,651 mil milhões de dólares (1,271 mil milhões de euros).

O elevado valor das importações de derivados do petróleo por Angola resulta da insuficiente refinação que é apenas suportada por uma antiga refinaria do tempo colonial nas imediações de Luanda, podendo este cenário mudar com a inauguração prevista para 2013 da refinaria do Lobito (Benguela).

O director-geral adjunto do Instituto Nacional de Estatística, INE, Artur Lukoki, anunciou ainda na Televisão Pública de Angola que os produtos agrícolas e as madeiras são os produtos de maior valor nas exportações angolanas fora do sector petrolífero, embora com um valor comparativo residual, menos de 2,5% do total.

A China, EUA, Canadá e a Índia foram os países que mais contribuíram para o total do valor das exportações angolanas.

Ainda segundo o INE, no trimestre em análise Angola importou mais produtos na Holanda, do que de Portugal, país que ocupava o topo da lista das importações até há pouco tempo, EUA ou China.

Fonte: Oje

Comentários

comentarios

2011-01-13T21:26:36+00:0013/01/2011|Categorias: Estatística|0 comentários
error: Segurança, acima de tudo! ;)