Os países da Zona Euro acordaram hoje que o futuro fundo para socorrer países com problemas financeiros terá uma capacidade efectiva de 500 mil milhões de euros, duplicando-se a sua dotação actual.

“Penso que será suficiente”, afirmou Jean Claude Juncker, no final da reunião dos ministros das Finanças da Zona Euro, em Bruxelas, na qual se chegou a este acordo.

A estes 500 mil milhões de euros soma-se a quantia do Fundo Monetário Internacional, 250 mil milhões, bem como os montantes dos países que não são do euro mas que desejem nele participar.

Os ministros das Finanças da Zona Euro não chegaram, no entanto, a acordo para aumentar a capacidade efetiva de financiamento do fundo de resgate temporário em vigor até 2013. A capacidade real deste fundo ronda os 250 mil milhões de euros, um valor considerado insuficiente pelos mercados.

Fonte: Dn

Comentários

comentarios

2011-02-15T23:48:27+00:00 15/02/2011|Categorias: Internacional|0 comentários
error: Segurança, acima de tudo! ;)