Aumentos serão sentidos a partir de 1 de Janeiro de 2011

O Parlamento chegou a aprovar ontem, quarta-feira, o aumento da taxa normal do IVA para 23%. Mas também as alterações propostas pelo PS, depois do acordo com PSD, para evitar a taxação máxima dos produtos alimentares e para alimentação humana.

O artigo que previa a subida do IVA de 21% para 23% entra em vigor a partir de 1 de Janeiro do próximo ano.

No seguimento do acordo com o PSD, foi ainda aprovada a retirada da proposta de lei do orçamento a norma que previa passar vários produtos alimentares e para alimentação humana das taxas reduzida (6%) e intermédia (13%).

Ou seja, por exemplo a Coca-Cola e o leite achocolatado continuam com taxa mais baixa. Já os ginásios e actividades desportivas não escapam ao aumento.

Fonte: Agência Financeira

Comentários

comentarios

2010-11-25T16:17:58+00:00 25/11/2010|Categorias: Portugal|0 comentários
error: Segurança, acima de tudo! ;)