Medida está a ser estudada no âmbito do plano para o crescimento e emprego.

O Governo e os parceiros sociais estão a analisar a possibilidade de agilizar os seguros de créditos para as empresas exportadoras. No entanto, a forma de o conseguir ainda não está definida. A solução surge no âmbito da agenda para o crescimento que foi entretanto alargada e passou a plano para o crescimento, competitividade e emprego. Agora além, das exportações, da reabilitação urbana e leis laborais estão também em cima da mesa medidas sobre a simplificação administrativa e o combate à economia paralela.

O presidente da Confederação das Indústrias Portuguesas (CIP), António Saraiva, adiantou ao Diário Económico que, no caso das exportações, o que se pretende é fazer uma diferenciação positiva para as empresas exportadoras. Isto pode ser feito através de programas de formação para a integração de jovens quadros nas empresas exportadoras ou encontrando formas mais expeditas que garantam o acesso das empresas exportadoras aos seguros de crédito, exemplificou o responsável.

Fonte: Económico

Comentários

comentarios

2010-12-11T00:48:52+00:00 11/12/2010|Categorias: Portugal|0 comentários
error: Segurança, acima de tudo! ;)