A ‘yield’ das obrigações nacionais a 10 anos superou os 6,2% e o ‘spread’ face à ‘bund’ atingiu um novo máximo de 370 pontos.

Segundo um operador em Londres, citado pela Reuters, não existem notícias que justifiquem esta subida, pelo que deve tratar-se “de alguém a vender obrigações portuguesas em pequenas parcelas”.

A par do máximo do ‘spread’, a taxa de juro cobrada pelos investidores para comprarem estes títulos de dívida portuguesa superou os 6,2%, estando agora muito perto do máximo fixado em Maio passado, no pico da crise da dívida soberana.

O mesmo sucedia com a Irlanda, em que o prémio exigido pelos investidores para adquirir dívida irlandesa a 10 anos, em vez da alemã com a mesma maturidade, escalava para 387 pontos base, também um novo valor recorde. Isto ainda no rescaldo dos rumores de sexta-feira, de que a Irlanda seria obrigada a recorrer à ajuda da União Europeia e do FMI, hipótese essa que foi entretanto desmentida.

Já no caso de Espanha, o ‘spread’ avançava hoje para 177,8 pontos base, enquanto no que toca à Grécia descia ligeiramente, depois de uma semana inteira em alta.

Quanto ao custo para subscrever um seguro em caso de incumprimento da dívida de um país, Portugal era o segundo que mais subia no mundo, apenas superado pela Roménia. O preço dos ‘credit default swap’ (CDS) sobre obrigações portuguesas a cinco anos, uma espécie de seguro contra o eventual incumprimento do Estado português, progredia 4,4 pontos para 352 pontos base.

Já os CDS irlandeses e espanhóis desciam 1,8 e 2,3 pontos, respectivamente, enquanto os gregos caíam 12,8 pontos para 913 pontos.

Contudo, os peritos acreditam que o risco atribuído aos países do Sul da Europa com problemas financeiros vai começar a baixar significativamente nos próximos anos. No caso de Portugal, com base uma ‘poll’ da Bloomberg junto de 15 bancos, espera-se, em média, uma redução do ‘spread’ actual para 293 pontos este ano, 227 pontos em 2011 e 157 no ano seguinte.

Fonte: Económico

Comentários

comentarios

2010-09-20T17:58:38+00:0020/09/2010|Categorias: Estatística|0 comentários
error: Segurança, acima de tudo! ;)