A Tegopi, a maior produtora nacional de torres eólicas, vai investir 21,5 milhões de euros na construção de uma nova fábrica em Portugal, que deverá começar a laborar no final de 2011 e criar 70 novos postos de trabalho.

“Vamos fazer um investimento de 21,5 milhões de euros com a deslocalização da fábrica, que está praticamente no centro de Gaia, para o parque industrial de São Félix da Marinha”, diz Manuel Pedro Quintas, vice-presidente da empresa do grupo Quintas & Quintas.

Manuel Pedro Quintas adianta que “o objectivo é aumentar a produtividade em 30%” uma vez que a actual unidade de produção com 65 anos “não tem o layout adequado”.

A nova fábrica, cuja construção arranca ainda este ano para começar a funcionar no final de 2011, vai permitir trabalhar em três turnos, criando 70 postos de trabalho, o que vai elevar para 370 o número de funcionários.

O projecto de deslocalização da produção para o parque empresarial de São Félix da Marinha conta com o apoio de 6 milhões de euros no âmbito do Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN).

Segundo o vice-presidente da Tegopi, a par do reforço da produção em Portugal, o crescimento da maior produtora nacional de torres eólicas vai fazer-se com o reforço da produção em duas unidades de produção no exterior: na Turquia e em Inglaterra.

A fábrica da Turquia, um investimento de 6 milhões de euros em parceria com o grupo local Alkeg, com inauguração marcada para sexta-feira, pretende assegurar o fornecimento de torres eólicos na região do Mar Negro.

Até 2013 a empresa do grupo Quintas & Quintas pretende abrir uma terceira unidade de produção, em Inglaterra, para a produção de torres eólicas off shore, estando neste momento à procura de parceiros para realizar o investimento.

O plano de investimentos para os próximos quatro anos pretende triplicar o volume de negócios, que, segundo o empresário, deve atingir os 90 milhões de euros em 2015.

Fonte: Oje

Comentários

comentarios

2010-10-12T09:50:22+00:0012/10/2010|Categorias: Portugal|0 comentários
error: Segurança, acima de tudo! ;)