A União Europeia e os Estados Unidos acordaram, este sábado em Lisboa, trabalhar em conjunto para eliminar as barreiras alfandegárias entre os dois lados do Atlântico.

Numa conferência conjunta com o presidente do Conselho da União Europeia, Herman Van Rompuy, e o presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, Barack Obama começou por dizer que os dois lados acertaram «basicamente em tudo»

Este foi a primeiro encontro entre UE e EUA desde a entrada em vigor do Tratado de Lisboa, algo que foi sublinhado na reunião.

A cimeira ficou marcada pela necessidade de uma eliminação das barreiras alfandegárias entre União Europeia e Estados Unidos, especialmente nalgumas matérias que estão a ser taxadas no comércio internacional entre os dois blocos e que dizem respeito às novas tecnologias e à partilha da ciência.

Foi ainda definido que vai passar a existir o Conselho Económico Transatlântico, para pôr em prática medidas concretas para a criação do emprego e para o crescimento económico.

Esse conselho económico nasceu no papel há três anos, mas nunca tinha sido posto em prática. Vai agora trabalhar sobre o cenário de crise no comércio mundial.

No encontro, que decorreu no Pavilhão de Portugal, as duas partes acertaram que vão intensificar a cooperação na luta contra o cibercrime e o ciberterrorismo.

Houve ainda espaço para falar das alterações climáticas e dos gases de efeitos de estufa, a propósito da conferência de Cancun, no México, agendada para daqui a um mês.

Fonte: Tsf

Comentários

comentarios

2010-11-21T01:23:34+00:00 21/11/2010|Categorias: Internacional|0 comentários
error: Segurança, acima de tudo! ;)