Do total de exportações, 7,6 mil milhões de euros correspondem a trocas com países terceiros

Os países fora da União Europeia já representam 25% das exportações das empresas portuguesas, num total de mais de 30 mil milhões de euros, segundo os dados da Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP) para o período compreendido entre Janeiro e Outubro deste ano.

Até Outubro, as empresas portuguesas exportaram mais de 30,3 mil milhões de euros, um aumento de 15% face aos 26,3 mil milhões de euros registados no mesmo período de 2009.
Assim, do total de exportações, 7,6 mil milhões de euros foram para países fora da União Europeia, o que representa ainda um aumento de 17,4% em relação aos 6,5 mil milhões de euros contabilizados no ano passado.

Em sentido inverso, as importações aumentaram, no seu conjunto, 10% para 46,6 mil milhões de euros. E as de países terceiros também subiram, neste caso 27,9% para 11,7 mil milhões.

Ainda assim, os países comunitários continuam a ser os principais parceiros comerciais das empresas portuguesas.
Nos primeiros dez meses deste ano, as exportações para a UE atingiram 22,7 mil milhões de euros, num aumento de 14,3% face aos 19,9 mil milhões de euros registados no período homólogo.

Números que confirmam que as empresas portuguesas estão «a ter grande influência em mercados onde não tinham grande presença», como é o caso do México, disse à agência Lusa o presidente do AICEP, Basílio Horta.

«Actualmente cerca de 25% das nossas exportações são para fora UE e queremos seguir essa linha. Em 2011, vamos avançar com missões de empresários e estudos do mercado para Egipto, para Guiné Equatorial e para a Colômbia, três mercados onde nunca estivemos».

Fonte: Agência Financeira

Comentários

comentarios

2016-12-01T15:39:10+00:0017/12/2010|Categorias: Estatística|0 comentários
error: Segurança, acima de tudo! ;)