A concorrência emergente reduz as margens na indústria da maquinaria, cujas oportunidades de desenvolvimento concentram-se no desenvolvimento de produtos inteligentes e na Internet das Coisas.

A Crédito y Caución prevê um bom desempenho da indústria da maquinaria a nível global, de acordo com o último Market Monitor divulgado pela empresa. No entanto, a seguradora recorda que o setor é muito sensível a mudanças, estando altamente exposto às incertezas geopolíticas e à volatilidade das condições económicas, incluindo o enfraquecimento do preço das matérias-primas.

As margens das empresas do setor da maquinaria nos mercados desenvolvidos são, cada vez mais, ajustadas com base na concorrência dos países emergentes, especialmente no segmento de produtos de menor valor acrescentado. As oportunidades para as empresas de maquinaria centram-se no desenvolvimento de novidades impulsionadas pelos avanços tecnológicos, sobretudo em produtos inteligentes e relacionados com a internet das coisas, ou seja, com sensores tecnológicos integrados. Administradas corretamente, estas inovações irão permitir o progresso da produtividade, que contribuirá para a otimização das instalações, dos ativos e do desempenho na cadeia de abastecimento.

Alemanha

Na Alemanha, o setor é a coluna vertebral da economia do país e muitas empresas alemãs são líderes mundiais nos seus nichos de negócio, com margens relativamente altas num ambiente de altos investimentos em tecnologia e crescentes custos com mão-de-obra. A perspetiva geral para 2016 e 2017 mantem-se positiva, no entanto, muitas empresas registam atrasos nos pagamentos, especialmente nos setores que fornecem as máquinas para a indústria automóvel. A sua elevada taxa de exportação, de mais de 75%, faz com que o setor seja sensível à deterioração da economia global, ao aumento dos riscos geopolíticos e à volatilidade das taxas de câmbio ou dos custos de transporte.

República Checa

A indústria Checa continua a beneficiar do forte desempenho da economia e da recuperação da zona euro. Os problemas de incumprimento de pagamento concentram-se nas empresas que exportam para a Rússia. A pequena dimensão das empresas, obrigadas a competir em preços e facilidades de pagamento e a necessidade de investimentos para modernizar o setor são os principais pontos fracos da indústria.

França

Em França, o setor aprofunda a recuperação iniciada em 2014, devido ao maior crescimento da produção industrial e das exportações. A França é o sexto maior player a nível mundial nesta indústria, com uma clara liderança em alguns produtos-chave. No entanto, a sobrecapacidade estrutural continua a ser um motivo de preocupação para o setor, dada as suas elevadas necessidades de financiamento e dependência dos mercados externos.

Itália

Em Itália, o setor tem demonstrado a sua capacidade de resistência à crise económica do país, graças à orientação para a exportação de produtos especializados de elevado valor acrescentado, o que permitiu preservar as margens de lucro satisfatórias para muitas empresas. No entanto, a concorrência no mercado interno é forte, dada a fragilidade da recuperação, o que afeta um grande número de pequenas empresas.

Estados Unidos

Nos Estados Unidos, o maior mercado do mundo de máquinas, a participação dos fabricantes nacionais é equivalente a quase 60%. Espera-se que empresas de maquinaria beneficiem do aumento da construção civil e dos gastos em infraestruturas.

Fonte: Crédito y Caución

Comentários

comentarios

2016-12-01T15:37:39+00:0026/09/2016|Categorias: Estatística|Tags: , , |0 comentários
error: Segurança, acima de tudo! ;)